Como fazer um curriculum Vitae exemplo simples

O mundo se modernizou e todos os seguimentos da cultura também, não é difícil ver pessoas com dificuldades para se encaixar na cultura moderno social em que vivemos. Dessa maneira pessoas que estão em busca de empregos, seja um desempregado, ou que está em busca de encontrar seu primeiro emprego. É essa a hora de bater à poeira e correr atrás de se atualizar para entrar com tudo nessa nova etapa do mercado. Confira mais sobre curriculum:

Veja também:

Vagas Abertas Para o Programa de Estágio da Caixa 

Veja como cadastrar seu currículo nas lojas Pernambucanas

Vagas disponíveis para trabalhar em posto de gasolina

Algumas técnicas são imprescindíveis se o quesito em questão é se destacar e ser notado positivamente, Dentre as diversas técnicas existentes destacamos à do curriculum vitae. Um bom currículo, é à porta frontal de entrada para o mercado, essa é a primeira imagem que passamos. Por isso é necessário ter um currículo com informações pertinentes, objetivas, sem erros de ortografia entre outros. Antes de sentar para fazer um curriculum vitae também é  importantíssimo ter o auto conhecimento e saber seus pontos fortes, fracos, expressar suas experiências de maneira correta etc.

Portanto, leia e releia o que você escreveu quantas vezes necessário for,e leve o tempo que precisar para que tudo seja feito com a devida atenção. Através desse artigo tentaremos te ajudar, e te encorajar a conquistar seu sonho de ter sua carteira assinada e aquele emprego que você merece.  

Não seja o incomunicável dentre seus concorrentes

Isso mesmo, sabe aquele personagem do qual riamos quando na época de escola, que simplesmente se isolava e entrava numa bolha imaginária sem emitir nenhum sinal de personalidade ou até mesmo de som !? rsrs isso mesmo! Tem sido cada vez mais normal dentre os candidatos a vaga de emprego, que no momento de sua entrevista (na maioria das vezes à primeira) o indivíduo trava, e não consegue formular uma frase própria. Então ensaie em casa, beba seu chá de camomila, mas tente no momento de sua entrevista manter um bom olho no olho com seu entrevistador, muita calma, fale sempre que lhe for solicitado ou preciso, e tenha certeza que será uma ótima entrevista.

Sintonia é muito importante

Pode até parecer clichê o que iremos citar nesse parágrafo, mas é isso mesmo, é de suma importância que seus dados de contato estejam atualizados. Seja por nervosismo ou falta de noção existem inúmeros candidatos que simplesmente esquecem de colocar telefone, pessoal ou residencial, ou até e-mails ativos para que os recrutadores ou empresas em que o currículo foi enviado possam entrar em contato. De nada  adiantaria ter todos esses dados atualizados e não atender as ligações ou não abrir os seus e-mails. Portanto, esteja em sintonia com a sua vontade de conseguir um trabalho.

Seja objetivo

Há aqueles candidatos que transcrevem textos enormes do motivo porque devem ocupar aquela função,vaga ou cargo, fala de suas experiências em outros empresas e etc.

Não seja essa pessoa! os recrutadores já estão acostumados com pessoas que enrolam sem ter muito um direcionamento e sai sempre na frente quem já sabe o que quer. Portanto, ao enviar seu currículo, lembre-se de escrever exatamente a vaga a qual realmente almeja e tem a ver com o seu perfil, fale sobre suas intenções na empresa e deixe um pouco seu pessoal de lado.

Seja seletivo – inclua apenas o essencial

Você sabia que leva em torno de 1 minuto para um entrevistador abrir seu currículo, olhar e decidir se vale à pena ou não levar você para uma segunda fase de seleção? Pois é, então seja seletivo!

Mostre sua objetividade, acrescente informações realmente relevantes e de acordo com a vaga almejada. Não se prenda à discorrer para ter um maior número de linhas ou folhas, mas tente impressionar por sua seletividade e convicção, na hora de fazer um curriculum vitae, você também deve ser seletivo para as vagas as quais escolhe pois é extremamente necessário personalizar cada currículo para cada vaga que você enviar. 

Um bom design pode te fazer sair na frente

Sobre à parte anterior, lembra que um recrutador levar em média 60 segundos para abrir o seu currículo e escolher se vale ou não apena levar aquela pessoa para uma segunda fase de seleção? Então, ter um bom design pode ser também uma maneira de se diferenciar dos demais, mostrando que você entende de layouts, organização e valoriza a diferenciação, fazendo com que você saia na frente de outros concorrentes. Tente manter tudo em uma folha a4 de boa qualidade, com as informações concisas e bem distribuídas.

Facilite a vida do seu recrutador

Os recrutadores em geral já estão super acostumados a um volume grande de entrevistas, portanto os mesmos não perdem tempo analisando currículos e muitas das vezes tem certa dificuldade de leituras longas e cansativas,  justamente por já terem feito isso inúmeras vezes desde o início da sua carreira. Por isso, facilite a vida do seu recrutador, além de ser objetivo com as palavras e escolher um bom design e aparência para seu currículo, utilize fontes padrão, de um tamanho amigável e menos cansativo, textos com um bom espaçamento e parágrafos  e não use letras coloridas, nem com formatações diferenciadas. Defina seu currículo em blocos de informações essenciais e importantes como Formação, atividades, cursos complementares e Experiências Profissionais, por exemplo.

Cuidado com os erros de gramática

Lembre-se que esse tipo de erro é inadmissível, principalmente se você desejar uma vaga destinada a cursos de nível superior ou mesmo um com formação mínima, lembre sempre de examinar com cuidado todas as palavras, e sempre evitar abreviaturas ou siglas. Você nem precisa ser tão minucioso se fizer isso no Word, pois ele já grifa as palavras que não reconhece em vermelho, portanto você só vai fazer seu currículo errado se realmente for desatento. Você pode ainda como uma segurança à mais, pedir para outra pessoa, um amigo talvez, para ler o seu currículo e checar sua forma de expor a gramática.

Não seja tão ambicioso, fale sobre dinheiro pessoalmente 

Especificar sua aspiração salarial ao fazer um curriculum vitae é um tanto quanto ambicioso e prepotente, pode ser muito ruim e desagradável para quem lê o seu currículo. O entrevistador pode por exemplo optar por te dar apenas o salário que você pediu, isso no caso de você não saber e o salário inicialmente oferecido  pela empresa for maior que o que você incitou pedir, ou ainda decidir por não te contratar para uma posterior entrevista por sua ambição ou se sua expectativa for muito acima do possível.

A regra Mister é: só coloque sua pretensão salarial se for solicitado durante o processo de envio do curriculum vitae, e uma regra de ouro: Mesmo que lhe perguntem, procure tangentes mais abrangentes como por exemplo que a questão pode ser acertada mediante acordo da empresa com sua pessoa, por isso se não for solicitado é bom só falar sobre esse assunto em outros estágios da contratação. É muito importante também não citar salários anteriores nem experiências passadas.